Ipê Branco

O Ipê Branco é tímido. Seu irmão amarelo é muito mais vaidoso, o exibido passa diversas semanas do ano todo florido.

Com o ipê branco é tudo diferente. Ele perde todas as folhas do inverno, passa fácil por uma árvore morta e repentinamente, lá pelo fim da estação, floresce exuberante por dois ou três dias. Em uma semana todas as pétalas já estão esparramadas em volta da árvore, marrons, decompostas. Quem viu, viu. Perdeu? Volte no próximo ano.

O Ipê Branco é a cerejeira brasileira. Deve ter um festival do Ipê Branco por aí, como ocorre com a celebridade japonesa das árvores.

Mas seria justo celebrar essa árvore que prefere manter sua exuberância visível para poucos? Melhor respeitar sua timidez e permitir ao Ipê escolher os felizardos que contemplarão suas flores. Aos demais, resta apenas a sombra que sua ampla copa fornece durante 3 das estações do ano.